GUNNM: BATTLE ANGEL ALITA

De Yukito Kishiro. Completo em 9 volumes. O mangá Gunnm nasceu em 1990, sendo publicado nas páginas da revista Business Jump, da editora Shueisha, sendo concluído anos depois com apenas 9 volumes. À época, o mangá possuía um final fechado e essa edição era licenciada para outros países do mundo. Entre 1998 e 2000 foi lançada no Japão uma reedição do mangá em 6 volumes, com algumas mudanças em relação à edição anterior, como o final da história, buscando dar continuidade no Last Order (mais abaixo). Essa edição ainda possui 3 capítulos gaidens. Em 2010, Gunnm ganhou ainda uma nova edição no Japão em 7 volumes. Essa nova edição ocasionou uma rixa do autor com a Shueisha e fez com que Kishiro abandonasse a editora (saiba mais aqui). O autor foi para a Kodansha, e em 2016 foi feita mais uma edição de Gunnm, dessa vez reduzindo para 4 volumes. No Brasil, o mangá teve um volume publicado de forma pirata pela editora Opera Graphica. Posteriormente, o mangá foi publicado entre 2003 e 2004 pela editora JBC e teve seus 9 volumes originais divididos em 18 no total (as capas acima são dessa edição). Em 2017, a editora licenciou a obra novamente, seguindo a versão em 4 volumes. A editora ainda lançou uma versão em formato digital do mangá. Sinopse: Daisuke Ido, um engenheiro cibernético que vive na Cidade da Sucata localizada logo abaixo da exuberante cidade flutuante de Zalém, encontra as poucas partes de Alita no lixão e decide reconstruí-la. Viva uma vez mais com um novo corpo, porém sem memória, a ciborgue começa a trilhar seu próprio caminho em busca do passado perdido e de sua verdadeira identidade. No entanto, obstáculos insuperáveis e adversários inescrupulosos surgirão à frente do Anjo de Batalha!!

Ler online no site Leitor.net;


SINOPSE OFICIAL

“Daisuke Ido, um engenheiro cibernético que vive na Cidade da Sucata localizada logo abaixo da exuberante cidade flutuante de Zalem, encontra as poucas partes de Alita no lixão e decide reconstruí-la. Viva uma vez mais com um novo corpo, porém sem memória, a ciborgue começa a trilhar seu próprio caminho em busca do passado perdido e de sua verdadeira identidade. No entanto, obstáculos insuperáveis e adversários inescrupulosos surgirão à frente do Anjo de Batalha!!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s