Robert Rodriguez fala sobre possibilidade de sequência no Disney +

Em entrevista exclusiva para o Forbes, Robert Rodriguez foi questionado sobre a possibilidade do serviço de streaming Disney + se tornar o salvador da franquia Alita, e estar anunciando em um futuro próximo o segundo filme ou uma série de TV. Confira o que ele tem a dizer:

“Eu acho que tudo é possível. A Disney comprou a Fox, e eles têm o Disney +, então vale a pena conversar. Eu sei que várias pessoas adorariam ver outro (filme da Alita), e eu amaria fazer mais um. Quanto para onde iria ou como seria feito, acho que o streaming abriu muitas oportunidades para sequências. Já se tornou um conceito pré-vendido, possui um público interno que quer ver e é entregue da maneira mais fácil de consumir. Portanto, não é uma má ideia.”

No entanto, Rodriguez diz em entrevista para o Inverse que o destino de uma possível sequência está no ar depois que a 20th Century Fox foi adquirida pela Disney – mesmo que ele e Cameron estejam ansiosos para fazer Alita 2:

“Eu adoraria fazer a sequência. Estou ocupado com essas coisas [outras produções] e Jim está voltando da Nova Zelândia. Mas sim, adoraríamos explorar mais. Você sabe, a Fox foi comprada pela Disney, e não tenho certeza do que eles farão em seguida. É meio que a hora errada para perguntar às pessoas, com tudo o que está acontecendo no mundo. É difícil saber. O estúdio foi comprado logo depois que Alita estava sendo lançada, portanto, não tenho certeza que tipo de filme eles estão fazendo. Quem sabe qual será o futuro daquele estúdio? Eu e Jim adoraríamos fazer uma sequência.”

Além disso, Rodriguez também falou ao Forbes sobre sua relação profissional com a empresa de efeitos especiais Weta Digital e como os responsáveis pela qualidade de efeitos do filme desejam voltar a trabalhar com o cineasta:

“Quando a WETA, com quem eu produzi Alita, me parou e disse que adoraria continuar trabalhando comigo, mesmo que fosse com orçamentos muito menores que esse, eu acho que eles conseguiram fazer um ótimo trabalho. Eu não esperava esse nível de efeitos, porque normalmente não tenho isso em meus filmes família. Os meus orçamentos costumam ser muito inferiores. Eles entregaram um filme tão grande.”

Diretamente da sua casa em Austin (no Texas), Robert também foi entrevistado pelo FilmsActu e Discussing Film para falar de seu novo filme produzido pela Netflix, ‘Pequenos Grandes Heróis’, e aproveitou para discutir um pouco sobre Alita e os fãs da franquia, que querem tanto uma continuação do primeiro filme. Confira:

FilmsActu: Preciso falar sobre Alita e dizer que os fãs estão se esforçando muito por uma sequência. Você está surpreso com a intensidade da dedicação deles ao seu filme?

Robert Rodriguez: “Eu amo. Isso é impressionante. E James Cameron também adora. Amamos muito essa personagem. Alita é um filme de ficção científica, mas há algo comovente sobre ela, e algo diferente que é desesperadamente necessário em uma época como esta. Rosa (Salazar) atuou muito bem e esse mundo da Alita é incrível. Quando as pessoas se tornaram fãs, certamente entraram nas histórias em quadrinhos (mangás japoneses) e perceberam que ainda havia muito a explorar. Mal arranhamos a superfície da história e finalmente deixamos Alita com todos os seus poderes no final do filme. Gosto de fazer esse tipo de adaptação. ‘Pequenos Grandes Heróis’ termina assim também, ‘Pequenos Espiões’ e alguns dos meus outros filmes também. O herói realmente se torna o herói na última cena. Eu gosto desse tipo de coisa. Mesmo que não haja uma sequência, o público imagina e fantasia todas essas continuações porque a base é sólida e os heróis finalmente amadurecem. É incrível o quanto os fãs aceitaram Alita e esperançosamente os levará a ver ‘Pequenos Grandes Heróis‘ ou algo mais da pequena ciborgue. Isso é o que meu novo filme tem agora. Esses filmes não são tão cínicos quanto outros do gênero. Isso também pode ser o que os diferencia. O público e as famílias precisam disso agora.”

Discussing Film: Como uma presença tão ativa (dos fãs do Alita Army) influencia sua vontade de contar histórias? E que tipo de inspiração você recebe em troca do público?

Robert Rodriguez: “Você conta uma história para que, em última análise, as pessoas possam apreciá-la. E eu sempre espero que elas gostem disso. Se forem tocadas o suficiente para que tenham tempo de começar uma campanha, ela já está no próximo nível. E isso é tão impressionante e comovente porque realmente amei o material e senti que os anos que dediquei para fazê-lo (o filme da Alita) valeram a pena. Então, mesmo que tenha havido problemas durante as fases de lançamento (de Alita), e o estúdio (Fox) acabara de ser comprado por outras pessoas, o filme foi aprovado pelo público. Não foi o momento perfeito para lançá-lo, mas os fãs ainda não deixaram ninguém esquecer que o amavam. É melhor ter um filme que não foi tão bem, sabendo que as pessoas ainda estão segurando a tocha, do que ter um que foi muito bem, mas ninguém se lembra dele depois de seis a oito anos. Foi assim com todos os meus filmes. “Um Drink no Inferno” não foi muito bem nas bilheterias, chegou a ser o número um no primeiro fim de semana, mas depois caiu muito rápido. Faturou US$25 milhões… uma bomba no mundo de hoje. Ainda assim, as pessoas falam sobre ele e assistem a esse filme indefinidamente. A mesma coisa com “A Balada do Pistoleiro”, “Machete” e “Pequenos Espiões”. Eles não tiveram o sucesso que você pensou quando os assistiu. Porém, esse é o lugar que atuo no mundo dos negócios, e fico feliz porque as pessoas sempre vêm até mim contando que ainda assistem a esses filmes. Isso significa muito mais pra mim do que o quanto eles faturaram inicialmente. Prefiro ser lembrado e ter menos sucesso de bilheteria do que ser esquecido.

Alita 2 ainda não foi confirmada oficialmente e a Disney também está se abstendo de falar ativamente sobre alguns dos principais projetos que herdou da antiga Fox. O recente ‘Dia do Investidor da Disney’, por exemplo, não mencionou Avatar 2, que é uma obra-prima indiscutível. Talvez a empresa do Mickey esteja esperando a oportunidade certa para discutir os filmes da nova 20th Century Studios, já que 14 deles (ainda “sem títulos”) ocupam espaço em seu calendário para lançamento até 2023. Portanto, acho que levará um tempo até que o destino da franquia Alita se torne claro, mesmo que a sequência esteja em fases iniciais de negociação. E agora que James Cameron terminou as filmagens de alguns filmes de Avatar, ele poderá ter mais tempo para discutir sobre os próximos projetos de Alita e dar tudo o que os fãs mais desejam.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s